terça-feira, 8 de outubro de 2019

Deputado cobrará providências do governo sobre fechamento de hospital e regularização do pagamento aos médicos


O deputado estadual Getúlio Rêgo (DEM) usará a tribuna da Assembleia Legislativa (ALRN), na manhã desta terça-feira (08), para cobrar do governo do estado as devidas regularizações da dívida com médicos e hospitais para a normalização das cirurgias eletivas e exigir que o governo não feche o Hospital Ruy Pereira, em Natal.

O democrata, que é membro da Comissão de Saúde da ALRN, vai exigir que a governadora Fátima Bezerra (PT) explique uma possível interferência do governo ao Conselho Estadual de Saúde, que votou, à unanimidade, uma solicitação de interdição do Hospital Ruy Pereira, que sofre com graves problemas estruturais.

O parlamentar complementará sua cobrança exigindo a imediata regularização e quitação de uma dívida que o governo estadual possui com a Cooperativa Médica do RN, referente ao mês de junho, no valor de R$ 4 milhões, e que levou à paralisação da realização de cirurgias, há uma semana, prejudicando cerca de 700 pacientes de todo o estado.

"É impressionante o descaso e a falta de sensibilidade e preocupação do governo estadual com a saúde dos potiguares. O Hospital Ruy Pereira é referência no estado em cirurgias vasculares e existe uma enorme demanda reprimida. É um crime fechar essa unidade. Será um prejuízo incalculável para toda a população. Isso não pode acontecer", comenta o deputado.

Ainda de acordo com o decano, "o governo da petista, que foi eleito com um discurso populista e social, deixou de fazer o repasse de recursos à Cooperativa Médica e paralisou o atendimento dos profissionais à população. Já são 4 meses de atraso e mais de R$ 4 milhões em dívidas. O governo precisa priorizar a saúde de nosso povo", finalizou.


Anterior
Proxima

Postador

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››