domingo, 10 de junho de 2018

Deputado Getúlio Rego participa de cavalgada em Lucrécia (RN) e é ovacionado pelo povo




O Deputado Estadual Getúlio Rego (DEM) participou, na manhã deste domingo (10), da X Cavalgada Heróis da Resistência, na cidade de Lucrécia, Região do Alto Oeste do Rio Grande do Norte, e é ovacionado por todos os presentes no importante evento regional.

Ao lado das principais lideranças políticas da cidade e de toda região, o parlamentar estadual e pré-candidato à reeleição nas eleições de outubro próximo, recebeu o carinho da população e o reconhecimento pela extensa lista de serviços prestados ao longo dos seus nove mandatos como deputado.



"O Doutor Getúlio Rego é o deputado mais presente e atuante aqui em nossa cidade e em toda a região do Alto Oeste. Nunca vi nenhuma pessoa ficar sem solução dos seus problemas ao buscar o deputado. Ele tem um olhar diferenciado para nosso povo e recentemente fez uma doação de uma ambulância para o povo de Lucrécia", comentou um dos participantes da cavalgada.



Ao Blog, o vereador umarizalense Chico de Brancar, um dos mais fiéis seguidores do Democrata na região e que o acompanhou durante o evento, disse "que é impressionante a receptividade e a demonstração de carinho que o deputado Getúlio Rego recebe do povo. O acompanho há muitos anos e a cada dia, a população sabe reconhecer os incontáveis serviços prestados pelo amigo Getúlio".



O Evento
Evento turístico pedagógico/cultural, tradicional, que tem como objetivo possibilitar o resgate cultural para a revitalização dos costumes e valores sociais, difundir a cultura local, ao mesmo tempo, promover o turismo como fonte propulsora para o desenvolvimento do município de Lucrécia e Região.

Tem como dinâmica de ação, perpassar pelos lugares que o Bando de Lampião passou no município de Lucrécia, no período de 11 de junho de 1927, quando invadiu a residência de Dona Joaquina Maria das Virgens, no sítio Cacimba de Vaca, e depois sequestrou o senhor Egídio Dias, no sítio Serrota dos Leites.

História esta que culminou com a morte de Francisco Canela, Sebastião Trajano e Bartolomeu Silva (denominados três heróis, pela ocasião do resgate do Senhor Egídio), no sítio Caboré, onde hoje se encontra a Cruz dos Três Heróis.

Anterior
Proxima

Postador

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››