sábado, 3 de março de 2018

Prefeita Elijane Paiva assina Termo de Adesão ao Programa Internet Para Todos



A prefeita Elijane Paiva (DEM), assinou na tarde desta sexta-feira (02), o termo de Adesão ao Programa Internet Para Todos, por intermédio do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), e garantirá o acesso à internet em várias comunidades rurais.

A parceria estabelecida entre a Prefeitura Municipal de Umarizal (PMU) e o MCTIC, vai garantir a inclusão digital de populações que, seja por hipossuficiência econômica ou por não dispor de serviços de internet em sua localidade de residência, não conseguem contratar serviços de internet de Banda Larga.

Sobre isso, a Chefe do Poder Executivo Municipal afirmou: “Queremos garantir que as pessoas que moram nessas localidades tenham condições de contratar um plano de acesso à internet. Hoje isso não existe, mesmo que ela queira. Uma boa parte da população tem telefone celular ou smartphone, mas não consegue usar”.


Em Umarizal, as comunidades inicialmente selecionadas e que atenderam aos critérios exigidos pelo MCTIC, foram: Assentamento Remédio, as Cajazeiras, o Sebastopol, a comunidade do Murici, Várzea do Barro, a Inspectoria, o Sítio Água Branca e a comunidade da Cacimba do Sítio.

Ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações caberá selecionar e credenciar as prestadoras de serviços de telecomunicações para a implantação das ações necessárias ao cumprimento dos objetivos do programa, trazendo os benefícios esperados à população.

Já o município de Umarizal assumiu a responsabilidade de garantir a infraestrutura para a instalação dos equipamentos de conexão à Banda Larga, assegurou o alcance do benefício social do programa e manter atualizadas as informações referentes à utilização dos recursos e serviços disponibilizados.

Sem prazo limite para encerramento do programa, o presente Termo de Adesão vigorará enquanto as localidades beneficiadas atenderem aos critérios estabelecidos na Portaria nº 7.154/2017 e houver orçamento aprovado, pela União, para a manutenção do programa.


Anterior
Proxima

Postador

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››